Escolinhas de futebol

Para evitar a exploração de crianças e adolescentes no mundo esportivo, a vereadora Patrícia Bezerra (PSDB) defende a regulamentação das escolinhas de futebol para jovens entre cinco e 17 anos. Esse é o objetivo do Projeto de Lei (PL) 199/2014, de autoria da parlamentar, em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo.

De acordo com a proposta, a escolinha deverá oferecer materiais, organizar suas atividades conforme idade dos alunos, ter autorização dos pais e realizar exames médicos periódicos nos alunos. Os alojamentos deverão garantir o direito à privacidade de cada um, com no máximo duas pessoas por quarto. Além disso, nenhum jovem poderá trabalhar gratuitamente, em troca do alojamento ou de testes que possam vir a ser oferecidos.

“Ludibriados pelo sonho de fama e riqueza em um grande clube, as crianças são afastadas de seus pais, levadas por olheiros para outros estados brasileiros com a promessa de se tornarem o próximo Ronaldo ou Neymar”, justificou a vereadora.

Se o projeto for aprovado, situações como a que aconteceram em 2012 com atletas da Portuguesa Santista poderão ser evitadas. Na época, o time foi acusado por utilizar jogadores mirins em campeonatos estaduais sem oferecer serviços como alimentação e atendimento médico.

Para Patrícia, essa situação não pode continuar. “Infelizmente o trabalho infantil está muito presente no cenário brasileiro e o esporte não foge a essa regra”, afirma.

fonte: CMSP

Anúncios

Um comentário sobre “Escolinhas de futebol

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s